Trope

Por que investir em marketing de influência para a Geração Z?

Nós já comentamos por aqui tudinho relacionado ao poder que a Geração Z e do porque as marcas deveriam dar ouvidos aos creators dessa geração. Agora é hora de entender de uma vez por todas a maneira mais eficiente de entrar no mundinho GenZ BR e criar um vínculo com os consumidores e trend makers do momento através da creator economy

A Geração Z realmente curte influenciadores digitais?

Sendo bem direto: SIM! Essa galera não só consome, como é a geração que mais segue influenciadores digitais, de acordo com uma pesquisa global, mais de 1 ⁄ 4 da mostra de nativos digitais acompanham alguém que cria conteúdo pra internet. Já nas terras tupiniquins, 64% dos jovens (e nessa pesquisa podem estar alguns millennials também) já conheceram alguma marca graças à creators.

Sobre as oportunidades de se investir no mercado de influência para impactar os nativos digitais: 

O mercado da influência tá fervendo e no ano passado criadores digitais movimentaram US$ 4 bilhões, sendo essa estratégia de publicidade a segunda mais expressiva pros negócios brasileiros, de acordo com pesquisa da Qualibest

E pros nativos digitais é importante ressaltar que essa galera tem menos o costume de virar fã das marcas, porém é só se conectar com valores e interesses comuns que isso pode mudar. Um diferencial muito grande em investir pra GenZ é que essa galera não tá tão interessante em celebridades ou figuras públicas, isso porque os nativos digitais curtem quando as marcas investem nos microinfluenciadores ou influenciadores emergentes, são creators com menos seguidores e mais taxas de engajamento e alto poder de convencimento em nichos específicos já que conseguem também serem mais próximos dos seus espectadores. 

Conclusão

Se conectar com a Geração Z pode não parecer um trabalho fácil, porém nada como alguém que conheça bem esse pessoal pra fazer aquela conexão sincera e de igual para igual entre as marcas e seu público. Por isso, aqui na Trope, nós trabalhamos em parceria com creators da GenZ e trazemos um time multigeracional para ligar as marcas à propósitos que façam sentido pros consumidores mais exigentes, porém mais apaixonados do mercado.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Luiz e Arthur

Luiz e Arthur

💚 Luiz Menezes, 22 anos. Empresário, é fundador da Trope e atua com marketing de influência há 5 anos. 💛 Arthur Messias, 22 anos, leonino metido a fashionista. Faz parte da equipe de Marketing e estratégias da Trope.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pra ficar por dentro

Inscreva-se na nossa newsletter semanal sobre tendências
da economia da influência do ponto de vista da geração Z

    pen
    Segue a gente:

    chama@trope.se